sábado, 2 de julho de 2011

EU APRENDI que eu gostaria de ter dito a minha mãe que a amava, uma vez mais, antes dela morrer;

Nenhum comentário:

Postar um comentário